andré balbo

André Balbo nasceu em São Paulo em 1991. É autor dos livros de contos Agora posso acreditar em unicórnios (Reformatório, 2021); Eu queria que este livro tivesse orelhas (Oito e meio, 2018); e Estórias autênticas (Patuá, 2017 – esgotado), selecionado para compor o acervo da Biblioteca do Congresso (Washington, D.C.), no mesmo ano.

Cursou Direito na USP, onde foi repórter, colunista e editor-chefe do jornal Arcadas. Integrou o Grupo Hilda Hilst de Estudos em Direito e Literatura e pesquisou na área de filosofia e teoria geral do direito, publicando monografia que investiga as relações hermenêuticas entre Shakespeare e o ativismo judicial, sendo indicado ao Prêmio Jovem Jurista (FDUSP, 2016). Anteriormente, foi trainee da Folha de S.Paulo e cobriu eventos da Virada Cultural 2015.

Como curador, foi responsável por parte da programação de duas casas da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) – Cadeia Literária (Flip 2019, com as editoras 34, Reformatório, Cousa etc.) e Casa Philos (Flip 2018, com a Revista Philos). No segundo ano em Paraty, foi convidado da Casa Paratodxs para mediar a mesa de abertura.

Foi convidado e participou de diversos eventos literários e artísticos como a Festa Literária de Santa Teresa (Flist 2018), o Festival Literário de Poços de Caldas (Flipoços 2018), o II Festival Internacional de Artes Gráficas (Finart 2018) e a Balada Literária 2019, além de ter integrado a programação de diversos eventos em espaços como Tapera Taperá e Centro Cultural b_arco. Como jurado, compôs a comissão do Prêmio Maraã de Poesia das edições de 2019 e 2020.

Tem contos e ensaios publicados em blogs, revistas e jornais literários (Gueto, Mallarmargens, Ruído Manifesto, Liberoamérica, Philos, Literatura & Fechadura, Vício Velho, Aboio etc.), além de artigos jusliterários (Justificando, Empório do Direito, Arcadas), e integrou as antologias Civilização e Barbárie e Sobre humores e fluidos (Gueto, 2017, Org. Jerome Knoxville e Amanda Sorrentino), e a coletânea de contos Tabu (Carreira Literária, 2017, Org. Flávia Iriarte). Como coeditor, publicou A última cabra (Reformatório, 2019), livro de contos de seu sócio Lucas Verzola.

Por fim, participa como parecerista voluntário do Projeto de Remição da Pena pela Leitura, realizado pela Companhia das Letras em parceria com a Funap.

É professor de literatura e redação para vestibulares e concursos e realiza acompanhamento de projetos literários com autores iniciantes, atuando ainda como mediador, editor, revisor e preparador freelancer; redator web e revisor de textos acadêmicos; professor em cursos e oficinas literárias especializadas (teorias do conto, leitura e escrita criativa); e também na produção de eventos culturais.

E-mail para contato: balbo008@gmail.com

na mídia

notícias:

Participação no podcast Página Cinco:
https://www.uol.com.br/splash/colunas/pagina-cinco/2021/04/23/uma-vida-ao-lado-de-gabo-cortazar-e-galeano-papo-com-eric-nepomuceno.htm

Lançamento de Agora posso acreditar em unicórnios, no canal LiteraTamy:
https://www.youtube.com/watch?v=A_n39H4cnag

Participação no primeiro encontro do ciclo sobre o centenário de João Cabral
de Melo Neto, denominado “O cão sem plumas: o sonho e o incompreensível na leitura da realidade social”, na Livraria Cultura:
https://explore.livrariacultura.com.br/eventos/sao-paulo/shopping-iguatemi-sao-paulo/centenario-joao-cabral-de-melo-neto-2/?fbclid=IwAR3xJvuFbnHZDFJlXfxfXRC5TzOsegyb-QmHf2gcxVqlHtrGtG67wD1OBG4

Participação na Balada Literária 2019 em homenagem a Paulo Freire, no Estadão:
https://outline.com/v7mbZv

Participação na programação do b_arco no último dia da Balada Literária 2019:
https://barco.art.br/vem-pra-balada-dia-8-de-setembro-o-b_arco-recebe-boa-parte-da-programacao-cultural-do-ultimo-dia-da-balada-literaria-2019/

Em Paraty, Casa Paratodxs homenageia Chico Buarque, sobre a participação de André Balbo com Paulo Lins e Lucas Verzola na FLIP 2019, no Publishnews:
https://www.publishnews.com.br/materias/2019/07/05/em-paraty-casa-paratodxs-homenageia-chico-buarque

Editoras ocupam ex-cadeia de Paraty, sobre a participação da Lavoura na FLIP 2019, no Estadão:
https://cultura.estadao.com.br/blogs/babel/babel-poemas-de-hannah-arendt-serao-publicados-no-brasil/

70 anos de El Aleph, de Jorge Luis Borges, sobre debate entre com os professores Ana Cecilia Olmos e Júlio Pimentel Pinto, mediados por André Balbo, no Estadão:
https://emais.estadao.com.br/blogs/sarau-luau-e-o-escambau/edvaldo-santana-sabado-e-rhaissa-bittar-domingo-lancam-cds-no-sesc-belenzinho-deise-capelozza-canta-nos-parlapatoes/

Release do livro O cárcere de Newton e outros contos, prefaciado por André Balbo:
http://aquarelabrasileira.com.br/tag/livro-2/

Participação na mesa “Escritores e leitores em cena”, na Festa Literária de Santa Teresa de 2018:
https://www.flist.org.br/autografos.pdf

produção artística e intelectual:

Entrevista para a revista Literatura e Fechadura:
https://www.literaturaefechadura.com.br/2021/05/07/entrevista-com-o-escritor-andre-balbo/

Entrevista para o projeto Como eu escrevo:
https://comoeuescrevo.com/andre-balbo-2/

Conto “A formiga”, na revista Ruído Manifesto:
http://ruidomanifesto.org/um-conto-de-andre-balbo/

Forma breve “Notas sobre a pelúcia”, na revista Aboio:
https://aboio.com.br/notas-sobre-a-pelucia/

Participação em matéria do Claro!, da ECA-USP:
http://www.usp.br/claro/index.php/tag/historia/

Artigo sobre literatura e pandemia, no Justificando:
https://www.justificando.com/2020/03/19/epidemias-pelas-lentes-de-garcia-marquez-saramago-e-camus/

Forma breve “Suzumebachi”, para o especial Rupturas da revista Vício Velho:
https://viciovelho.com/2019/09/05/suzumebachi/

Artigo sobre literatura e armamento civil, no Justificando:
http://www.justificando.com/2019/06/04/alguns-humanos-armados-como-resgatar-o-q-destruimos/

Conto “L’hydre-Univers”, para o especial La Llorona da revista Vício Velho:
https://viciovelho.com/2018/11/04/lhydre-univers-andre-balbo/

Conto “O prisioneiro”, no portal Literatura & Fechadura:
http://www.literaturaefechadura.com.br/2018/10/13/o-prisioneiro-conto-de-andre-balbo/

Conto “Interrupção”, na revista Philos:
https://revistaphilos.com/2018/09/08/interrupcao-por-andre-balbo/

Contos “A gente não vê quando o vento se acaba” e “O um café”, na revista eletrônica Ruído Manifesto:
http://ruidomanifesto.org/dois-contos-de-andre-balbo/

Conto “Icelônia”, na revista Gueto:
https://revistagueto.com/2018/06/14/icelonia-de-andre-balbo/

Entrevista para o projeto Como eu escrevo:
https://comoeuescrevo.com/andre-balbo/

Participação no blog O poema do poeta, de Marcelo Labes:
https://opoemadopoeta.wordpress.com/2018/03/13/andre-balbo-lucas-verzola/

Exercício restritivo intitulado “A coerção como potência”, na Liberoamérica:
https://liberoamerica.com/2018/04/01/a-coercao-como-potencia/

Ensaio sobre revistas literárias e democracia, na revista Philos:
https://revistaphilos.com/2018/01/31/entre-damazios-e-doutores-por-andre-balbo/

Forma breve “Obituário”, na Liberoamérica:
https://liberoamerica.com/2018/01/05/obituario/

Forma breve “Número 8”, na Liberoamérica:
https://liberoamerica.com/2017/12/26/numero-8/

Participação no programa Trilha de Letras, da TV Brasil (13’55”):
http://tvbrasil.ebc.com.br/trilha-de-letras/2017/10/jornalismo-literario

Entrevista para o portal Ambrosia:
http://ambrosia.com.br/literatura/entrevista-com-o-escritor-andre-balbo/

Conto “O eremita e a serpente”, na mallarmargens:
http://www.mallarmargens.com/2017/06/o-eremita-e-serpente-de-andre-balbo.html

Entrevista com Júlio Pimentel Pinto (FFLCH-USP), no jornal Arcadas:
http://www.jornalarcadas.com.br/30-anos-sem-borges/

Artigo com Daniel Dourado sobre Direito, Literatura e Psicanálise, no Empório do Direito:
https://emporiododireito.com.br/leitura/a-morte-de-lula

Matéria sobre Emerson Ferreira “Hoje estudante, ex-detento coordena grupo entre universitários e presos”, na Folha de S.Paulo:
https://outline.com/unFms9