água funda

3 posts

O reconhecimento de Ruth Guimarães em vida esteve muito aquém da envergadura de sua obra, saldo de mecanismos excludentes a que estão submetidos artistas e intelectuais negros no Brasil. Poeta, cronista, tradutora, contista e romancista, além de jornalista, tem obra vasta e multifária, que percorre 60 anos de indagações e intervenções na sociedade brasileira. Escolhemos seu romance Água Funda, que parte da investigação da linguagem caipira do sul de Minas, nos meandros de uma prosa experimental, para titular nossa seção de prosa de fôlego.